Meu nome é Joy, Joy Murphy…

Sair da cama e enfrentar o mundo lá fora não é uma tarefa nada fácil. Sair da cama sabendo que ao enfrentar o mundo lá fora você saber que vai se ferrar de todas as formas possíveis é uma tarefa pior ainda. O despertador tocou, marcava sete horas de uma terça feira ensolarada até demais pro meu gosto. Não adiantou nada, não tinha dormido nada a madrugada inteira. Entrei na internet e comecei a procurar algumas coisas pra fazer, o relógio marcou dez horas (e um sol infernal) e nada de interessante. Peguei no sono e acordei atrasada pra aula. O clima lá fora e o inferno se colocasse um do lado do outro não se via diferença. Cheguei atrasada pra aula… ou pra aula que eu teria se  soubesse que  não teria primeiro horário. Me apressei pra nada, nem tinha almoçado por falta de tempo. Não tive primeira aula, tampouco segunda… não tive aula o dia inteiro. Saí de casa literalmente pra nada. Voltei pra casa, cheguei e me dei conta que tinha esquecido as chaves. Bati, bati… ninguém atendeu, é claro.

Um vizinho passou e se comoveu com a minha situação, sentei na calçada e e ele sentou há alguns metros de distância ( será se eu tava fedendo? ) e começou a falar aleatoriedades: o novo filme do Batman, a novela avenida brasil, Gabriela, o dvd da lagoa azul, o vizinho dele que ficou preso no portão elétrico, o assalto da sobrinha dele, convite para ir a igreja. Eu só confirmava com a cabeça e ria, ria pra não chorar pois o mau hálito tava chegando até o meu singelo espaço na calçada que chamei de banco. Duas horas se passaram e meu pai chegou. Abriu o portão e entrou com o carro, saí correndo para entrar e fiquei presa entre a parede e portão… ( Meu Deus, acho que já vi essa história antes. ) Ainda são dez e quarenta da noite e esse dia ainda pode ficar pior, acredite. Porque meu nome é Joy, Joy Murphy e Florence que me desculpe, mas os dias que dog are not over.

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Paty Algayer
    set 19, 2012 @ 18:09:49

    Ha, adorei o texto! Seria cômico, se não fosse tão trágico! 😛
    Acho que todo mundo já passou por um desses dias de cão… nessas ocasiões, nem passar o dia todo na cama, sem fazer nada, ajuda! Ainda é capaz de cair o teto na cabeça… rsrsrs
    Bjus!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: